Sociable

Torrents e Emule : Que tal controla-los direto do seu celular?

Brinquedinhos interessantes esses ein ?? ... Poder controlar seu emule e seu BitTorrent direto do celular remotamente? Meu primo ia adorar isso.
Realmente o poder do celular cada vez cresce. Destaque especial para o SymTorrent que permite que você baixe o conteúdo para o celular. Ou seja um cliente torrent nao remoto e sim dentro do seu celular. Mas calma, antes de você baixar saiba que esse programinha só funciona em celulares S60 equipados com Symbian... Hehee mas vejo que o futuro é esse compartilhamento de informações seja música, arquivos de texto, programas... tudo do seu aparelho celular.
Leia a notícia na íntegra abaixo retirado da Geek:

Um grupo de desenvolvedores criou uma interface para BitTorrent que funciona em celulares. O programa permite controlar à distância um BitTorrent instalado em um PC, desde que tanto o PC quanto o celular tenham acesso à internet. Outro grupo independente desenvolveu um programa de controle semelhante para o eMule.

Os sites de notícias de tecnologia NewTeeVee e Slashdot chamaram a atenção para recentes avanços no compartilhamento de arquivos. Segundo eles, a nova fronteira para controlar a troca de software, filmes e música com os amigos é o telefone celular.

O site SLYCK, especializado em P2P, publicou uma análise do uTorrent mUI, para controle remoto. À distância, é possível iniciar, parar ou cancelar um download. O uTorrent mUI funciona em dispositivos com o sistema operacional Palm OS, é de código aberto e baseia-se num programa semelhante para PC, o uTorrent. Sua grande falha é a de não permitir adicionar um novo arquivo torrent no PC para download, apenas controlando os torrents existentes.

Esse problema não ocorre com outro programa, que funciona em celulares com o sistema operacional Symbian. Desenvolvido por pesquisadores húngaros, o SymTorrent é um programa de BitTorrent completo, que baixa os arquivos diretamente para o flash drive do celular. O SymTorrent também aceita que outros usuários se conectem no celular para baixar os arquivos que estiverem lá.

A tecnologia BitTorrent permite o download descentralizado de grandes arquivos vindos de várias fontes. Outras tecnologias como o eMule e o antigo Napster dependem de computadores centrais, chamados de servidores, que concentram e controlam as redes de compartilhamento de arquivos. Com o BitTorrent, esses computadores centrais não são necessários. Toda a negociação para download dos arquivos é feita entre os PCs dos próprios internautas, sem a necessidade de um nó central, tornando mais difícil a identificação de quem está baixando ou fornecendo quais arquivos e permitindo atingir velocidades de transferência bastante altas.

Para baixar filmes e música pela tecnologia BitTorrent, é necessário antes baixar um arquivo bem pequeno chamado torrent, que indica ao programa as características do arquivo grande desejado. A partir do arquivo torrent, o programa BitTorrent vasculha a internet atrás de outros usuários que também estejam rodando o BitTorrent e que possuam a música ou o filme desejados. Quanto mais pessoas possuírem o mesmo filme ou música, mais rápido será o download para todos. No caso do uTorrent mUI, é o arquivo torrent que não pode ser adicionado pelo celular. Ele deve ser adicionado no PC e, depois disso, controlado à distância pelo telefone móvel.

O próprio eMule, que usa uma tecnologia diferente da do BitTorrent, pode ser controlado pelo celular. Para isso, basta usar o programa Mobile Mule. Com ele, é possível deixar o PC ligado e com o eMule rodando e, à distância, procurar e baixar novos itens pelo celular. Todo o trabalho pesado será feito pelo PC.

Sites:

UTorrentMI

SymTorrent

Mobile-Emule


Só postando uma idéia aqui.. para futuras lembranças:

*** Aplicativos que possam enviar conteúdo para e-mails. Exemplo : Fotos. Tiro fotos do meu celular e quero enviar rapidamente pra o pc... Qual seria melhor rota?
Via cabo, Via bluetooth, Infravermelho, WiFi ou via email distante da sua casa?

*** Ai lembro do Projeto Bloggile... Fotos enviadas rapidamente pra o seu email e pra seu album digital...


Ficam guardados aqui tais idéias.
Afinal de contas tem que ter jus ao nome do blog, concordam?


mensagem.jpgDe acordo com uma estimativa da Gartner, empresa de consultoria em TI, as mensagens de texto de telefone celular SMS se tornaram obsoletas ou, pra dizer o mínimo, de fluxo insignificante em 2010.

A previsão foi realizada tomando como base o mercado de telefonia celular da Austrália. O CrunchGear fez a correlação com os EUA e o prognóstico foi basicamente o mesmo.

O que vai matar as mensagens SMS, de acordo com a Gartner, são os e-mails por celular, que chegam todos os dias nos bolsos dos australianos e americanos, seja por aparelhos como o Blackberry ou por outros smarthphones que recebem e enviam e-mails.

Mas e aqui no Brasil? Não é preciso fazer muitos estudos e pesquisas para diagnosticar que dois anos e meio é um intervalo de tempo bastante curto para o fim da SMS. O mercado de telefonia celular no país ainda não alcançou um nível de sofisticação exigente para que as SMS sejam trocadas por serviços de e-mail móvel.

A explicação é simples. Enquanto em países desenvolvidos o usuário médio de telefonia celular explora ao máximo as capacidades do aparelho, os países com economia emergentes ainda vivem um processo de popularização do celular. O mercado brasileiro é, por si só, heterogêneo.

Na mesma vitrine é possível encontrar celulares sofisticados, como o Prada, da LG, que possui tela sensível ao toque, e aparelhos simples, que fazem apenas o trivial – ligações telefônicas e recebimento/envio de mensagens.

Além disso, e ao menos por enquanto, as mensagens são também um meio de economizar na conta. Muitos utilizam as mensagens de texto para se comunicar pois em algumas ocasiões vale mais a pena escrever um texto curto e objetivo do que gastar os minutos do celular falando.



Fonte: TNow

Mobtour: Expandindo e fazendo nome!

Já falei anteriormente aqui sobre o Mobtour, um guia de consulta de eventos direto do celular. Agora recentemente dando umas navegadas pela net, encontrei uma entrevista do diretor de marketing do Mobtour para uma rádio baiana explicando sobre como funciona o aplicativo. Quero destacar os comentários dele em 2 pontos. Como eles ganham dinheiro ? A idéia é legal simplesmente eles adotaram um sistema que nem o catálogo de páginas amarelas da lista telefônica. As empresas divulgam seu telefone e nome grátis. Para inserir o endereço, a empresa paga uma taxa para divulgar mais informações da mesma. Ou seja o serviço básico eles fornecem, porém se a empresa interessada quiser divulgar mais sua empresa ele paga uma taxa e tem direito a exibir mais informações durante o uso do aplicativo para os usuários. Outro ponto a destacar foi a idéia de durante os momentos que o aplicativo está carregando para exibir alguma informação ou para mudar de uma tela para outra , a empresa pode divulgar seu icone e status durante esse tempo. Assim a publicidade da empresa é maior já que ela se destaca por aparecer de forma preferencial no aplicativo nos momentos em que se carrega o aplicativo ou alguma função.Ah, óbvio a empresa para ter direito a isso , tem que pagar uma taxa para o Mobtour.
Muito boas as estratégias... Descobri também que o serviço BETA já foi lançado no Rio e Sao Paulo! vamos aguardar para futuras expansões...
A entrevista do Mobtour pela rádio baiana pode ouvir direto do link oferecido do site Mobtour.
Para interessados em JavaME e Sockets... Um bom tutorial que encontrei referenciado no blog Mobilidade é tudo a respeito do assunto.
Vale a pena dar uma olhada. Está em pdf.

Boa leitura!

Motorolla faz acordo com o Microvision

Resumindo...
A Motorolla fez um acordo com a empresa Microvision, e essa empresa pesquisa o desenvolvimento de protótipos de projetores construídos em celulares. Ou seja, se lembra daquele vídeo ou foto que você tirou no seu celular e quer mostrar pra seus amigos e é péssimo ver naquela tela minúscula do seu aparelho ? Agora você liga seu projeto e ele exibe a imagem muito maior projetada em uma parede branca.
Idéia legal essa ein?
Ponto para Motorolla!
Vamos aguarda!

Notícia baseada no post do MobileCrunch.

Lendo o blog MobileCrunch, no qual o mesmo fala sobre compra de ingresssos para um festival de música via um serviço do celular, lembrei-me na mesma hora dos cinemas brasileiros. Sei que existem já serviços disponíveis para compra de ingressos via internet, mas ainda não encontrei um serviço semelhante para a compra via celulares. Não só cinemas poderiam ser abastecidos com tal tecnologia como também casa de shows ou espetáculos em teatros.
E é viável sim! Empresas aéreas já permitem compras da passagem via web e parece que algumas já podem permitir a compra via celular via wap. E você recebe um E-ticket (que é um código ) que permite que você possa apresentar na hora do check-in de embarque e assim identificar a passagem comprada e assim efetuar o embarque.
Pode-se ser feita a mesma coisa com o cinema. Você teria um aplicativo no seu celular que permitisse acessar os cinemas, escolhe o seu horário e efetua a compra pra tal sessão. Chegando lá seria só mostrar o e-ticket recebido via SMS do seu aparelho para a caixa do cinema e ela liberaria seu ticket pra assistir o filme.
Porém não é só maravilhas que esse serviço tem, existem alguns problemas também!

1 - Como seria efetuado o pagamento ? Via Crédito do usuário? Via Débito na fatura do usuário? ou Via cartao de credito mediante um serviço de cadastro ?
COncordo com a primeira opção já que você pode pagar debitando dos seus créditos pré-pagos ou via débito do seu celular.

2 - E se eu desistir de ir pro filme que já comprei o ingresso pelo serviço ? Pois é... isso é um problema.. porque nós estamos acostumados de comprar o ingresso na boca do caixa e isso garante que vamos entrar no cinema. Mas no caso de eu comprar via celular, ocorre o problema de eu comprar o ingresso 3 hrs antes e decidir não ir mais. Prejuízo para o usuário e também para a empresa (não tanto já que ela ganhou $$) , mas é menos um na sala do filme que poderia estar ali!

3 - Sincronização do número de assentos disponíveis Comprados ao vivo e pelo celular. 'óbvio que teria que ter um controle bem poderoso para garantir que ninguém compre o ingresso e não possa entrar por lotação ou inverso de ter ingresso sobrando e o usuário não conseguir comprar por avisar que a sala está lotada.


Pois, lanço aí a idéia do MobiTick..
=D
Idéia incipiente é claro, mas de bom tamanho!

NetWork Social Application: meet Peepsnation!

phone_peeps_search.jpg

Today Trilibis Mobile announced the availability of Peepsnation 4.0, the newest version of its mobile social network, which launches on Virgin Mobile, Verizon, Sprint and Boost Mobile. This new network allows social consumers to connect with one another where they can rate, rank, tag an d even meet-up.

“For today’s hyper-connected youth, making new friends or finding dates has never been easier,” says Alex Panelli, CEO of Trilibis Mobile. “The enhanced functionality provides users with an entertaining, game-like experience so they can spend more time checking out photos and establishing relationships with new people, and less time figuring out how to use the technology.”

Features for Peepsnation 4.0 include picture upload, profile management, rate, rank and tag functionalit

y. A free to browse pay-per-message version can be accessed by a mobile browser, and the network is now live on six major U.S. carrier decks across BREW, Java and WAP platforms.


Trilibis Mobile
Peepsnation WAP



From: MobileCrunch

From Jaon Delport's Mobile Observations Blog:

Download this ZIP file from Forum Nokia which contains examples and a PDF document explaining the various usage scenarios.

Interessados em JavaFX

Para os interessados de plantão sobre a tecnologia JavaFX, achei um tutorial legal introduzindo a nova linguagem script para construçao de aplicativos RIA (Rich Interface Applications) . Seria uma casca mais abstrata em cima de APIS como Swing, JAva3D, etc. Um meio de facilitar a vida dos desenvolvedores e também uma forma para competir com tecnologias semelhantes como flash,siverlight, etc.
Vejam o tutorial em Inglês, aqui.

Embora já tenha falado anteriormente sobre esse aplicativo no meu blog, vale a pena repetir....
trata-se do Math4Mobile que permite trazer uma calculadora bem legal que permite você gerar gráficos ou resolver equações direto do seu celular.
Quer saber mais?
Clique aqui.

What's Mobile Context ?


I have copied this from Enrique Ortiz Website, where he talks more about mobile context and its definition. Good inspiration for people who wants to develop social mobile software.


THE ELEMENTS OF THE MOBILE CONTEXT

Elements of Mobile Context

The mobile context can be defined as the intersection between the elements that defines it. These elements include:

Elements of the Mobile Context

  • Spatial / Location (positioning) information, and related (surroundings)
  • Time
  • Presence and related status (online, offline, available, busy, etc)
  • Handset and their capabilities (capabilities of my handset vs. other handset capabilities)
  • Personal context (User Preferences, calm behavior)
  • Information Genre, Descriptor tags, allows for categorization and context-based processing
  • Social context
  • Represented by Sets and their Intersections (relationships)

The social context consists of the person’s social circle, and related attributes and actions.

The Social Context

  • The friends and family — the augmented or live address book
  • The relationship distance or degrees of separation
  • Social information such as events (calendar, location, other)
  • Inbound/Outbound social media channels
  • Social actions — find friends/family, meet, invite/introduce, share content
  • Represented by a graph

The mobile handset is the social artifact that together with software running it enables the mobile context.

The Mobile Handset

  • A Social Artifact
  • “An object made, and used by people to connect with people.”
  • Enable better ways to find, communicate and share with friends and family
  • And to learn about nearby places, to consume information, all while on the go
  • “It is about the freedom to connect, interact and find”

The mobile context is implemented in software via Mobile Social Software.


Some Challenges

  • Good Mobile User Experience is key to success
  • Access to native functionality such as the Address Book
  • Application permission, signing, cost
  • Inconsistent Address books APIs on the web
  • Facebook vs. Plaxo, etc.
  • Carrier pricing/business models
  • Subscription + Data Plan
  • OTA downloads
  • How to get to the app?
  • Platform inconsistencies
  • Java, BREW, Symbian OS, etc

See more on EnriqueOrtiz WebBlog.

Porque o RFID não embala no Brasil??
boa pergunta...
Eu espero que um dia essas pequenas etiquetas também estejam nos nossos celulares.... Ou seja você chega perto do portão da sua casa e seu celular identifica a etiqueta RFID , reconhece e abre seu portao por preço irrisório de 0,20 a etiqueta + custos do leitor de RFID (nao sei o preço).
Mas dizem por aí que os custos ainda não compensam...
Bom ler esse artigo, retirei do blog Mobilidade é tudo....
Boa leitura!

Paródia do Iphone




One friend of mine gave me this link very funny making a parody with Iphone and Nokia. The headtext is Why do i have to buy a Iphone if i have a nokia E70 cheaper and do the same stuff.. (not all things but it can do some really good functions)..
See the article at the link here.
Hoje enquanto eu estava passeando no shopping, vieram algumas idéias na minha cabeça. E uma em especial ficou na minha mente. Tratava-se de um usuário sentado numa mesa olhando para o seu celular e perguntando para si mesmo a seguinte questão: "Onde estão os meus amigos?"
Uma pergunta bem interessante e que pode ser respondida de várias maneiras.... você pode ligar para elas, mandar aquela mensagem ou procurar um pc mais proximo e ver se ela está no msn ou no orkut da vida. Mas eu quero uma boa reflexão antes... porque eu não vejo em um pequeno aplicativo no meu celular onde estão meus amigos, parentes , quem seja. Daí veio essa idéia adicional ao meu projeto inicial o mobalada. A idéia seria assim... como você vai para o cinema, ou pra um bar, ou quem sabe pra um algum teatro, você quer saber se tem alguem de conhecido por ali ou quer conhecer alguma pessoa interessante por ali. Daí era só você atualizar seu status de onde você estava e ele faz com que com seu profile atualize e torne disponível para aquele local, assim seus amigos e pessoas podem ver seu profile e te add e quem sabe te mandar uma mensagem ou puxar um papo. A interação com usuário seria bem interessante nesse aplicativo porque facilitaria que as pessoas que vocÊ desejasse que seu profile fosse disponível para exibição pudesse te localizar. É óbvio que fica às vezes meio chato vocÊ ter que ir no programa para atualizar seu status. Mas tipo... vocÊ pode deixar comentários para aquele local específico do tipo... adorei o show, ou filme é muito bom... ou sei lá ... um meio virtual de poder interagir com as pessoas. Vejo isso como uma rede social de amizades e opiniões sobre as baladas que você frequenta. OU seja além de você quem vai tá naquela mesma balada que você vai, você também vai poder conhecer gente nova que tb vai estar por lá.
Legal ein...
Pena que nossas operadoras atuais ainda não disponibilizam tais recursos... especialmente preços.... =P
Um aplicativo cairia bem para tais celulares...

Vamos aguardar que um dia
o Mobalada sai!!

=D
  • Requisitos para a implementação do MIDP 2.0:

    • Deve suportar MIDLets e MIDlet Suites MIDP 1.0 e MIDP 2.0
    • Deve implementar a especificação provida pelo usuário OTA.
    • Deve prover o suporte ao acesso a servidores HTTP 1.1.
    • Deve prover o suporte para conexões seguras HTTP.
    • Deve suportar transparência em imagens PNG.
    • Deve suportar Geração de Tons no pacote de multimídia (Tone generation).
    • Deve implementar os mecanismos necessários para suportar "Untrusted MIDlet Suites".
    • Não Deve permitir que sejam feitas cópias de qualquer MIDlet suite a não ser que o dispositivo implemente um mecanismo de proteção de cópia.
  • DataSource não está disponível no MIDP 2.0
  • public boolean MIDlet.plataformRequest(String URL) throws ConnectionNotFoundException
    • URL - O campo URL para a plataforma que será carregada. Uma string vazia (não null) cancela quaisquer requisições pendentes.
    • Este método é non-blocking.
    • E não permite múltiplas requisições.
  • A maneira correta para achar a versão da especificação do MIDP implementado no aparelho:
    • System.getProperty("microedition.profiles");
    • Midlet.getAppProperty("MicroEdition-profile");
    • microedition.hostname e get hostname
  • startApp() e destroyApp() pode lançar uma MIDletStateChangeException.
  • Uma exceção SecurityException é lançada se qualquer outra classe que não seja AMS (do próprio sistema) chamar o construtor sem argumentos de um MIDlet ou sua subclasse.
  • Um aplicativo pode inicializar ligações telefônicas usando a aplicação nativa do telefone no dispositivo bastando inserir o número na forma de URL "tel://msisdn-number" usando a chamada ao método MIDlet.platformRequest().
  • O método MIDlet.platformRequest() pode ser usado para atualizar uma aplicação MIDlet que está rodando.
  • MIDlet.resumeRequest() pode ser usada pela aplicação para avisar ao AMS (KVM) que o aplicativo quer move seu estado para o estado ativo (Active state).
  • Se uma conexão fechar durante a transferência, o MIDlet parcialmente transferido será deletado automaticamente.
  • Apenas o protocolo HTTP é implementado pelo mecanismo de status report.
  • Se um cookie foi retornado quando o application descriptor ou o MIDlet suite foi instalado, e o dominio e o o caminho dentro do cookie casar com o URL no atributo MIDlet-Install-Nofigy então o cookie deve ser incluído no cabeçalho de requisição para que o servidor possa identificar que a instalaçáo foi concluída.
  • Dados persistentes de um MIDlet suite devem ser preservados quando for atualizado o MIDlet. O formato, conteúdo e versão dos RecordStores são responsabilidade do MIDlet suite individual.
  • É necessário que os dispositivos suportem atualização de MIDlets.
  • Se uma tentativa é feita para instalar um MIDlet que já está instalado no dispositivo, o usuário deve ser notificado.
  • Durante o download de um MIDlet suite, os cabeçalhos de requisição HTTP usados para iniciar o download devem incluir o User-Agent, Accept-Language e Accept. Se disponível quando tiver sendo requisitado o MIDlet suite, este cabeçalho deve também incluir application/java e application/java-archive. Para fazer o download de application descriptors, este cabeçalho deve incluir: text/vnd.sun.j2me.app-descriptor.
  • Se a plataforma tem capacidades apropriadas e recursos disponíveis, ele deve permitir que o usuário possa abrir um aplicativo nativo e interagir com ele enquanto faz com o MIDlet suite rode em background. Se a plataforma não tem esses rercursos disponíveis, ele pode esperar para lidar com o URL request depois que o MIDlet suite saia. Neste caso, quando o MIDlet suite sair, a plataforma deve trazer a aplicação requerida apropriada (se existir) para a tela ativa do aparelho para que o usuário possa interagir com a mesma.
Lendo alugns blogs diários os quais costumo acompanhar, vi um post interessante sobre o celulares e players de música. De acordo com um dos gerentes da Sony Ericsson que players dedicados somente a reprodução de áudio digital (Ex: Ipod) irão morrer até no máximo 2 anos. Ou seja para ele os celulares serão a próxima etapa em questão de reprodução de áudio digital. Tenho que concordar com ele que sem dúvidas os celulares serão a próxima etapa sim da evolução dos reprodutores de mp3 e áudio, pois afinal de contas o celular hoje é considerado o aparelho que está em praticamente quase todos os momentos com a pessoa. Ou seja, você embutir o mp3 player também no celular seria apenas uma funcionalidade a mais no seu aparelho que com certeza iria agradar a muitos. Pois, andar com 2 dispositivos em vez de andar com 1 só que agrega tudo, porque não ?
O que acho errado é afirmar que os reprodutores irão morrer. Eu não concordo com essa idéia, acho que eles irão rapidamente perder força no mercado, mas não o suficiente para ser extinto. Hoje por exemplo, o número de celulares com câmera aumentou sensivelmente e mesmo assim cameras digitais ainda não perderam seu posto de superioridade. Acho que o dificulta é a falta de padrões entre os fabricantes e principalmente as operadoras que dificultam ou não oferecem serviços plausíveis para a população baixar músicas. Vamos ser sinceros, Quem vai baixar via wap ou gprs hoje no Brasil música sabendo que vai gastar 2 a 6 centavos por KB? Ainda fica na nossa imaginação ter serviços decentes para download de música. E baixar músicas via programas oferecidos pelas fabricantes, até facilita.. mas ainda está longe de ser a solução rápida para um usuário que quer encher seu celular de mp3s de forma rápida sem precisar de um pc por perto.
Leiam mais sobre o post sobre o que falei acima no site Meio-bit.

Desenvolvedores e empresas está chegando a hora de desenvolver reprodutores e serviços decentes para reprodução e download de áudio em celulares....
Vamos aguardar...

IMGA: International Mobile Gaming Awards


imga.jpg
The International Mobile Gaming Awards (IMGA), an annual awards program and competition, is now open. Headquartered in Marseilles France, the group is inviting entries from mobile gaming studios, individual developers, groups of individuals, students, researchers and companies involved in mobile games to submit their titles.

Established in 2004, this is the fourth edition of the competition, which offers total cash prize of $40,000. The IMGA is platform independent and entries are open for un-published mobile games on flash, J2ME, Java, Brew, i-mode and other formats. All game developers wishing to participate should have their entries to the international jury by September 24, 2007.

A total of $40,000 in prizes will be awarded in the following categories:

  • Excellence in Connectivity (Multi-platform, social networking)
  • Excellence in 3D
  • Excellence in Game Play
  • Best-licensed IP-based game
  • Best Casual Game (Flash, Java, etc.)

International Mobile Gaming Awards

From: MobileCrunch

Nokia lança o N95!


Brinquedinho interessante esse da Nokia ein ??

N95 com Camera 5 megapixels, Sistema operacional Symbian 9, Bluetooth, Wifi e Infrared. Cartao de memoria de 512 Mb, EDGE e pra finalizar um sistema de GPS embutido.
Quer mais?? 700 euros somente!

Vejam o vídeo-propaganda do celular:

Projeto bem interessante...
Como fazer o seu celular ajudar a você a parar de fumar??
Simples! que tal irritar você ou simplesmente alertar você com SMS's (Mensagens de texto) quando você for fumar? Assim você fica com aquela consciência pesada.. e desiste de fumar...
Leia mais em inglês sobre esse tópico/projeto... bem interessante!

The project Rudy writes about below should be available in every language!

In a tag game blog post, Barcelona mobilist Rudy De Waele describes in item 7 how he quit smoking in 2004 with the help of mobile phones and SMS text messages:

Basically, smokers could send a date they wanted to quit smoking to an SMS short number; one week before you wanted to quit, the system tracked your smoking habit -> every time the user lit a cigarette, he/she needed to send an SMS, then the system sended back a text message preparing the user to quit; when the user finally quit, the system send back a kind of positive ‘haiku’ text message supporting the user in this process; after a week the system knew your habit, thus pushed an SMS to the user at crucial moments. This went on for a week and afterwards on regular times whenever the user needed support. I was the first to test the system and simply quit :-) After delivery, I don’t know how come the project never got out of Spain, I thought it was really great and I still believe it’s one of the better mobile projects I was involved in. Some original press release available here and a website of the current project conelmovil.com (both only available in Spanish!)

From Smart Mobs.

Idéia com infrared...

Estava eu pensando hoje...
Ainda não encontrei em javame, um aplicativo que pudesse fazer uma comunicação infravermelho com os aparelhos que também possuem sensores infravermelhos como tvs, aparelhos de som e outros dispositivos e que eu pudesse controlar eles como um controle remoto universal. A idéia é poder controlar meu pc via bluetooth e via infrared aparelhos comuns permitindo uma total integração do controle de todos os aparelhos disponíveis da minha residência.
Idéia bem interessante e porém desafiante devido à falta de aparelhos disponíveis com tais recursos e APIS de desenvolvimento fragmentadas ou implementadas com bugs fazendo com que seja impossível o desenvolvimento de tais aplicativos.
De toda maneira deixo guardada a idéia... principalmente de um dia quando eu chegar em casa com meu automóvel, eu possa abrir o portão da garagem via celular através de uma conexão segura entre o sensor bluetooth do dispositivo de abertura do portão e o sensor do meu celular e podendo eu assim entrar na garagem sem precisar sair do carro para abrir manualmente ou procurar onde está o maldito controle do portão.
Ubiquity my friends...
Ubiquity...

=D
Continuando a busca sobre Infrared e Java Mobile.. encontrei no Blog Mobilidade é tudo, informações sobre a comunicação infrared usando java, especialmente relacionado aos celulares Nokia.
Dêem uma olhada:


Atrvaés da MIDP 2.0 é possível usar a CommConnection, que é semelhante a HttpConnection, SocketConnection e as outras formas de comunicação fornecidas pelo perfil. Quando falo semelhante, quero dizer que para usar uma comunicação infravermelho também podemos usar o método open() da classe Connector, a assinatura do método ficaria assim:

try {
CommConnection comm = (CommConnection)Connector.open("comm:COM2;baudrate=9600");
} catch (IOException ex) {
//tratamento do erro
}

Existem diversas opções para serem utilizadas após a especificação do protocolo "comm". Segundo o ótimo artigo "A Generic Connection Framework cheat sheet", de Richard Marejka, existem as seguintes opções:

url ::== "comm:" port_id *(option_list)
port_id ::== 1*(characters)
option_list ::== *(baudrate | bitsperchar | stopbits | parity | blocking
| autocts | autorts)
baudrate ::== ";baudrate=" digits
bitsperchar ::== ";bitsperchar=" bit_value
bit_value ::== "7" | "8"
stopbits ::== ";stopbits=" stop_value
stop_value ::== "1" | "2"
parity ::== ";parity=" parity_value
parity_value ::== "even" | "odd" | "none"
blocking ::== ";blocking=" on_off
autocts ::== ";autocts=" on_off
autorts ::== ";autorts=" on_off
on_off ::== "on" | "off"


O leitor percebeu que não há nada de especial, ou de outro mundo, pra fazer uma conexão via infravermelho.. alguém pode pensar, mas porque ele faz uma conexão a uma porta com, se na verdade o que eu quero é acessar o infravermelho.. bem, isso é uma pergunta que não poderei responder :(.. se alguém souber pode comentar. O que importa, na minha opinião, é que o artigo que mencionei acima, e também, o artigo entitulado "MIDP Network Programming using HTTP and the Connection Framework", de Qusay Mahmoud, especificam desta forma a comunicação. Mas ainda mais, no artigo que achei no forum.nokia.com, chamado de "Using Java IrCOMM in the Nokia 5140/5140i Imaging Device", apresenta o seguinte texto:

"Requesting an IrCOMM link in the Nokia 5140 or Nokia 5140i imaging device differs from the MIDP 2.0 specification in the way the URL is used. In MIDP 2.0 the IrCOMM link is opened using: "comm :" whereas in the Nokia 5140/5140i implementation the IrCOMM link is opened using: "nokiacomm:" Port names can be queried using System.getProperty("microedition.commports"). The Nokia 5140/5140i imaging device returns IR0, which can be used with the nokiacomm URL for opening the connection. "

Neste mesmo artigo da Nokia, encontramoa algumas coisas interessantes.. como:

- A Nokia tem uma API própria para conexão infrared, chamada de IrCOMM API;
- O método System.getProperty("microedition.commports") lista as portas comm disponiveis no device..

Modalidade pede a participação dos usuários e quer aumentar tráfego de dados móveis
A Oi, empresa celular do grupo Telemar, criou um serviço que permite aos clientes ganhar dinheiro com a produção de seus vídeos. Com o "Vc na Tela", como foi batizado o produto, o cliente deixa seu vídeo disponível para download e ganha créditos cada vez que sua criação for acessada.

O acesso poderá ser feito pelo portal Wap dos celulares Oi ou pelo site do serviço e os créditos poderão ser resgatados em dinheiro no futuro. Cada vídeo custará R$ 0,99. O autor recebe 1 ponto por cada download realizado, o que equivale a R$ 0,10. Quando atingir R$ 20,00 em créditos, o usuário pode resgatar o valor acumulado em dinheiro.
Para estimular o acesso dos vídeos, os autores poderão enviar torpedos grátis aos amigos para divulgar seus trabalhos. No lançamento, os vídeos mais originais enviados até o dia 24 de julho vão concorrer a 40 ingressos para ver os jogos do Pan. "O aparelho móvel hoje é muito mais um gerador de conteúdo do que um mero receptor e o Vc na Tela aproveita este potencial. Além do entretenimento, o serviço estimula a criatividade dos usuários, permite que eles divulguem e compartilhem as suas criações e ainda sejam remunerados por elas", explica em nota, Fiamma Zarife, gerente de Conteúdos e Aplicações da Oi.


Retirado do site MobileNews.

Forum Nokia: Open C Contest

forumNokia.jpgToday Nokia announced the first “Open C Challenge,” a global contest for mobile app development for the S60 on Symbian OS smartphones. This contest was started to encourage open source and freeware developers to use the Open C environment from Nokia. Cash prices for the contest total more than $20,000.

“Nokia’s global invitation to millions of developers to take the Open C Challenge taps the exponential growth in open source and Symbian developers currently working on exciting new applications for smartphone devices,” said Lee Epting, vice president, Forum Nokia, Nokia’s global developer program. “Identifying and rewarding the latest and greatest applications being built or ported with Open C will showcase the exciting growth in developer productivity that Open C is already driving in S60 smartphone application development worldwide.”

The contest, sponsored by Nokia in conjunction with Orange and the Symbian Developer Network, is aimed at developers to apply their desktop and open-source skills, and finalists will be invited to present their applications to a group of panelists, including industry judges, at the Symbian Smartphone Show in London on October 16th and 17th.

Deadline for submission of all applications is September 14, 2007, at 11:59 p.m. EST. Further information on the registration process, including description of entries, eligibility requirements, complete rules and details on prizes are available online at The Open C Challenge.


From MobileCrunch.

PS: It has been Java Contest, now C Challenge... And when will it be the Python Psy60 Contest??
We're waiting Nokia !!!
Discutindo com um amigo do trabalho a respeito de celulares e tecnologia.... tocamos no assunto sem querer sobre controles remotos, infravermelho, celulares e java. Ou seja, arrumando todos esses tópicos a pergunta que estava sobre nossas mentes era saber se através de um aparelho celular que tivesse um sensor infravermelho poderia programar um aplicativo que instalado sobre o mesmo pudesse emular um controle remoto universal e controlar aparelhos como tv, radio, som.... Indagado com tal questão fui atrás de mais informações, e posso dizer que teoricamente encontrei a resposta. Embora ainda não tenha testado.. descobri para os aparelhos da Sony Ericsson existe sim a implementação do protocolo OBEX que permite a comunicação do celular com aparelhos via infravermelho. óbvio, desde que seu aparelho tenha tal sensor.
Vale salientar que é para os modelos JP-5 em diante ou seja: Aparelhos munidos com a implementação do JSR-82 , MIDP 2.0 e JP- 5 (JavaME) ... Aparelhos como : Z520, K60x, V600, K750, D750, W700, W800, P990, M600, W950, K310, K510, W300, Z530, W550, W600, W810, Z550, W900, K610, W710 and Z710.

Para saber mais achei o próprio tutorial lá no próprio site da sony ericsson dividido em 2 partes:

Parte 1: Using IRDA with Obex Protocol to create a client application
Parte 2: Ther server side of using IrDa and Obex Protocol

Fora um pequeno demo que encontrei que contém o código-fonte...

Ou seja, o sonho do controle universal no seu celular... pode ser resolvido...
pelo menos por enquanto nos celulares sony ericsson...

Ainda pesquisarei mais com aparelhos Nokia/Motorola.

loopt: Aplicativo para achar seus amigos...

Aplicativo interessante que eu achei na net... O tal de Loopt, o aplicativo que permite que você encontre seus amigos e parentes onde quer que estejam através do seu celular. Nesse blog eu já tinha falado a respeito de aplicativos desse porte e parece que continua a crescer o número de aplicativos para localização de pessoas. O legal é que você pode facilmente definir níveis de privacidade ou seja se você não quer ser achado por certas pessoas, você pode configurar isso diretamente no aplicativo. No Brasil ainda está meio complicado tal tipo de aplicativo devido ao acesso de APIs específicas proprietárias das operadoras que ainda é restrito aos desenvolvedores.
De toda maneira, mesmo que o aplicativo só funcione nos EUA, vale a pena dar uma olhada e quem sabe desenvolvedores como eu possam se inspirar. Um detalhe importante nesse Loopt, é que ele foi idealizado por 3 estudantes da universidade de Stanford, ou seja , universitários como eu.
Ah o aplicativo é em JavaMe... Grande novidade... heheh

Dêem uma olhada no vídeo exemplo do loopt aqui.

Site oficial: Loopt
An interesting article about mobile strategy that i found on the net today... In this article authors talk about why you need to plan a strategy when you decide to invest in mobile world. See more on this web...

See it here.

To resume, see some extracts...


Last week we talked about the challenge of too much choice when it comes to mobility. The solution? A mobility strategy that defines:

• How, when and where to deploy mobility.

• Which user groups need specific mobile devices, services and applications.

• How mobile devices and services will be secured and managed.

As always, though, there’s a “gotcha”. In this case it’s the fact that fewer than 40% of the companies I work with have such a mobility strategy. That’s a problem, because (as I noted last week), mobility is an expensive budget line item — and it’s about to get even more so.

If you’re one of the firms lacking a mobility strategy, start by assessing your current state. How many carriers do you have? (If you’re typical, it’s two or more.) Which devices are deployed? Which applications enabled?

It’s particularly important to compile your user profile. Which categories of users currently use mobile technology, and which would like to? Which applications do they have access to today, and which do they need?

Mandatory attributes

Os MIDlets são agrupados em MIDlet suites. Um MIDlet suite é uma coleção de MIDlets com alguma informação extra. Existem 2 arquivos envolvidos. Um é o application descriptor, que é um simples arquivo de texto. O outro é um arquivo JAR que contêm as classes e arquivos adicionais que constituem a suite MIDlet. Como qualquer arquivo JAR, o JAR do MIDlet suite tem um arquivo manifesto (manifest file) "Manifest.mf".
As informações armazenadas em um arquivo manifesto do MIDlet consiste de pares de nomes e valores como um arquivo de propriedades. Por exemplo, um arquivo JAr pode ter um arquivo manifesto como esse:

Manifest-Version: 1.0
MIDlet-1: Jargoneer, Jargoneer.png, Jargoneer
MIDlet-Name: Jargoneer
MIDlet-Version: 2.0
MIDlet-Vendor: Sun Microsystems
Created-By: 1.4.2_04 (Sun MicroSystems Inc)
Microedition-Configuration: CLDC-1.0
Microedition-Profile: MIDP


Embaixo podemos ver atributos que podem/devem ser incluídos no arquivo Manifesto e no arquivo de descrição (application descriptor ) o .jad do MIDlet Suite:






javax.microedition.midlet.MIDlet

1 - Quando o MIDlet é inicializado, uma instância do mesmo é criada. O construtor do MIDlet é inicializado e o MIDlet entra no estado de Pausa (Paused).


2- Depois, o MIDlet entra no estado ATIVO (Active) assim que o gerenciador do aplicativo chama o método startApp().


3- Enquanto o MIDlet está Ativo (Active), o gerenciador do aplicativo pode suspender a sua execução chamando o método pauseApp(). Issso faz o MIDlet voltar ao estado Pausado (Paused). Um MIDlet pode a si mesmo colocá-lo no estado Pausado chamando o método notifyPaused().


4- Enquanto o MIDlet está no estado pausado (Paused), o gerenciador do aplicativo pode chamar startApp() para colocá-lo de volta no estado Ativo (Active).

5 - O gerenciador do aplicativo pode terminar a execução do MIDlet chamando o método destroyApp(), no qual o MIDlet passar a ser destruído ou finalizado e pacientement espera pelo garbage collection. Um MIDlet pode finalizar a si mesmo através da chamada ao método notifyDestroyed().

First Mobile Java Security App

masabi.jpgThis week Masabi, the UK-based secure mobile apps company, has announced that BT has validated the cryptographic algorithms used in EncryptME. This is the world’s first mobile Java security application and can provide Web commerce level security for the vast majority of existing mobile handsets.

The 3K code footprint allows fully secure transactions from any Java-enabled phone. The first to use the EncryptME app will be train ticketing technology specialists YourRail, and this will enable tickets to be purchased securely and then used from almost all mobile phones. Payment can be made by credit and debit cards, and the handset is all you need to then get aboard!

“The main reason internet commerce has not been extended into the mobile world has been that most handsets cannot support the security available on PCs which is necessary to safely authenticate users and perform transactions. EncryptME symbolises the turning of the tide,” said Ben Whitaker, Co-Founder and head of Security Development at Masabi. “For the first time EncryptME brings internet security to mobile phones thereby enabling the likes of Amazon, eBay and any other internet retailer to extend their offerings to users on the move”

What makes EncryptME very interesting is that it can work with both new as well as older phones to establish encrypted connections over a wireless network. It works with GPRS, 3G and SMS, as well as short-range wireless technology platforms including Wi-Fi and NFC. The software has been designed to meet public standards in order to ensure that all server-side cryptography can be handled by existing security systems, such as Sun or Microsoft.

Masabi

From : MobileCrunch

SCMAD: Cap. 01 - CLDC Summary

Requerimentos para a Configuração do CLDC:

  • Programdor não pode modificar o mecanismo de "loading class". Ou seja, mecanismos class- loading customizados não são permitidos no CLDC.
  • Classes devem ser verificadas para serem validadas pelo Pré-verificador CLDC e o verificador em tempo de execução (pre-verifier and runtime verifier).
  • Apenas um conjunto restrito pré-definido de profiles (como MIDP,WMA) são disponíveis ao programador (você não pode usar bibliotecas terceiras a não ser que elas sejam suportadas pelo aparelho).
  • O programador não pode escrever ou usar código nativo que não faz parte dos pacotes pré-definidos (ou seja, não há o método Runtime.exec()). As bibliotecas contendo códigos nativos não podem ser baixados parao dispositivo (a não ser que ele seja parte já do J2ME ou seja disponibilizado pelo fabricante do dispositivo).
  • WeakReference e Reference foram adicionadas ao CLDC 1.1
  • CLDC garante um certo nível de segurança durante a execução dos aplicativos, ou seja, isso significa que um aplicativo java só pode acessar aquelas bibliotecas, recursos do sistema e outros componentes que o ambiente Java permite para acesso. A implementação do CLDC exige o suporte a caracteres Unicode, ou seja, internacionalização.
  • Há Tratamento de Exceções (Exception) no CLDC
  • Tratamento de Eventos (Baixo nível e alto nível) não é do escopo do CLDC, pertence ao profiles como o MIDP.
  • Ambos Runtime.gc() e System.gc() podem ser usados no CLDC para persuadir o Garbage Collector para liberar memória.
  • Garbage Collector não pode ser suspenso ou parado manualmente.
  • O objetivo da especificação do CLDC 1.1:
    • Download dinâmico das aplicações
    • Foco no nível de programação de aplicações
    • Tornar-se o "o menor denominador comum" nos padrões

  • CLDC suporta as seguintes classes collection thread-safe:
    • java.util.Vector
    • java.util.Stack
    • java.util.Hashtable
    • java.util.Enumeration (Interface)


  • Quando encontra qualquer outro erro, a implementação deveria:
    • Parar a máquina virtual de uma maneira específica implementada manualmente pelo fabricante.
    • Ou lançar um Error que é o mais próximo suportado pelo CLDC superclasse da classe ERROR que deve ser lançado de acordo com a especificação da linguagem Java.
  • CLDC 1.1 exige no mínimo 32 KB de memória volátil livres para a execução da máquina Virtual (VM) e no mínimo 160 KB de memória não volátil livres para a máquina Virtual (VM) e as bibliotecas CLDC.
  • A presença de no mínimo um sistema operacional ou kernel para gerenciar o hardware. A presença também de uma entidade para executar a máquina virtual.
  • A codificação padrão (default encoding) é definida pela proprieda do sistema "microedition.ecoding"


  • No CLDC 1.1, a classe java.lang.Math também inclui suporte às funções trigonométricas e o cálculo da raiz quadrada, e ceil e floor (arrendodamento e aproximação).
  • Qualquer tentativa de invocar o método finalize() irá resultar num erro de compilação.
  • Por padrão, as propriedades de caracteres e conversão de cases no CLDC assumem a presença do padrão de caracteres ISO Latin-1 apenas. As implementações devem prover suporte a propriedades de caracteres e conversão de cases no "Latim Basico" (Basic Latin") e "Latin-1 Supplement" (blocos de Unicode 3.0).
  • Class System
  • String.intern()
  • String.equalsIgnoreCase();
  • Boolean.TRUE, Boolean.FALSE
  • Date.toString()
  • Random.nextInt(int i)
  • Thread.interrupt();
  • Timezone no CLDC
  • CLDC provê um processo de verifação em 2 passos. No primeiro passo, que é chamado de pré - verificação (preverification), os seguintes processos são realizados:

    Ø Todas subrotinas são alinhadas.

  • Ø Atributos Special StackMap são adicionadas nos arquivos da classe para facilitiar a verificação em tempo de execução.

    Ø Certos byte codes, que são irrelevantes, são removidos.

  • Desde que os novos atributos são adicionados, o arquivo pré-processado é aumentado em 10 a 15% de tamanho em relação ao arquivo original.
Caramba...
Fico impressinado a cada dia.... um celular agora em formato de relógio!!
hahaha me sinto agora naqueles filmes de James Bond quando ele se comunicava com a base.
Muito bom!! M500, celular com todas funçoes inclusive bluetooth e text messages!
veja mais aqui


System.out


It's very cool! I was visiting some blogs that i feed, and i've found this post about debuggers at your real device using Nokia Sdk! What's the idea beside on it?
They created a debugger tool where you can see the messages Sys.out and System.err at your pc monitor while you're running the application at your cellphone in real time. I think the cellphone must be connected with the pc by somehow manner like bluetooth or usb cable. Anyway congratulations to Nokia, who developed this useful tool!
ahh i have to say that the tool only works with cellphones S60... haha i knew it! Urgently, i have to change my cellphone to S60 Series models.

You can see more about that here.
Very cool this iniciative promoted by Nokia, a mobile contest which developers and great minds will push thenselves into this content with bussiness ideas and mobile aplications. Maybe, i can participate too in this event, who knows ?

From Forum Nokia Blogs:

Nokia together with some other high-profile companies announced the second annual competition for mobile developers and entrepreneurs. It is called "Mobile Rules '08".


What is it all about? It is a competition to develop new applications or services for the mobile lifestyle. There are two tracks of the competition:

  • Mobile applications. It includes four categories, i.e. multi player/connected game, multimedia, enterprise and infotainment.
  • Mobile business plan. It is about creating a plan for the mobile business that is innovative and has value for customers and investors.


What is the timeline?
The deadline submission for mobile applications is January 25, 2007. The deadline for business plan is November 16, 2007.


What is the prize?
The prize for mobile applications is fast-track contract negotiations with one of the sponsors as well other prizes. If there is no contract after a year, US $10,000 will be granted.


The prize for business plan is the same, that is business contract with Nokia or other sponsors as well as other prizes. If there is no contract after a year, US $20,000 will be granted.


For more information, please visit http://www.mobilerules.org/.


Para os interessados em visualizar os mapas da sua cidade, saber em que rua está, ou ver qual caminho usar para chegar em tal local, o site Apontador lançou o serviço de cobertura de mapas agora no celular viar aplicativo em javame. O Apontador GSM foi desenvolvido para que os usuários possam localizar pontos específicos no mapa. Para baixar o aplicativo basta se cadastrar no site gratuitamente e fazer o download do mesmo. A cobertura é bem ampla e para felicidade dos recifenses, há a cobertura do mapa de ruas daqui. Ah sim, e você ainda pode traçar rotas no mapa, ou seja, um bom aplicativo!
Para saber mais sobre o apontador gsm clique aqui.

Desenvolva agora já para o IPhone

E já existem ferramentas disponíveis para você já sair desenvolvendo aplicativos para o Iphone. Uma dessas ferramentas é o APTANA, novo plugin para o Eclipse IDE. A partir dele você já pode brincar com seu novo Iphone e desenvolver aplicativos bem legais para ele.

Para baixar o plugin Aptana (formidável para Javascript/AJAX):
http://www.aptana.com/docs/index.php/Plugging_Aptana_into_an_existing_Eclipse_configuration



pós a isntalação ele irá abrir uma página "Aptana Start Page" então é só clicar no linkp ara instlar o plugin para o IPhone Apple.

Video de apresentação:
http://www.aptana.tv/movies/iphone_screencast/iphone.html


Fonte: Java Free Forum

Python In Action : PyS60

Interessados em Python de plantão que nem eu , podem se contentar com esse belíssimo material retirado do Forum Nokia Blogs, sobre a instalação do emulador do PyS60 For Nokia... Muito bom mesmo material...
Esse roteiro foi seguido para o Nokia N95... mas acho que é o mesmo para outros aparelhos Symbian...

Forum Nokia Blogs


(...)

Let me start with the details of the development environment I have set up for myself.
First, I needed a Python emulator for S60 / N93. That begins with the Symbian/C++ SDK appropriate for my device. The N93 is a S60 3rd Edition device (not Feature Pack 1 or Feature Pack 2). If you are unsure about yours, check the device specs.
AFTER installing the C++ SDK, I downloaded and installed the Python SDK appropriate for my device from here. In this case all 3rd Edition devices are created equal – no SDK difference between 3rd Edition, Feature Pack 1, or Feature Pack 2. The only choice was compiler tool chain – I chose ARMV5.
Follow the release notes that tell you to unzip the files from the Python SDK into the same directory chosed for the C++ SDK.
Then launch the emulator, and you’ll see Python as an application available under “Installat.” on the main grid. Choose Options/Run script and you’ll see some sample python scripts that ship with the SDK.

Open installations folder first ...

Launch the emulator and select the installations folder.

Python runs from here

Then you can run the Python interpreter.
Tip: the sample scripts you see when running the interpreter in the emulator provide the key to using the emulator for your Python development. Use PC Search to find all the places the script ball.py is found on your machine. You’ll find one directory that looks something like c:\Symbian\9.1\S60_3rd_MR\Epoc32\winscw\c\python . If you place your python script file in that directory, you’ll be able to run it in the emulator.
Tip: there are more sample files in the Python SDK than you will see in the emulator. Whereever you extracted the SDK zip file, look for the src\extras\examples folder. Lots of good stuff there. Especially if you’re new to PyS60 and trying to get your head around the way UI works on S60 vs. the way UI works on other platforms, check out the three GUI examples.

I will post in the next couple of days details of the workflow process (including how to set up a bluetooth remote control to execute scripts on a real device), links to some critical documents, and finally the first code from this project.
BTW, those who have been following this project from the beginning may wonder what N95 is doing in the title. This blog receives a fair amount of search engine referrals from people looking for ways to hack their devices. Because the N95 is such a hot device right now, it is a popular search keyword. And because what I’m doing for my N93 applies to people interested in their N95, I want to welcome them along for the ride.
Hehehe.. Para os viciados em plantão em Tibia, existe uma versão do jogo para JavaMe em celulares!! haha Não sou fã do jogo não, mas vai em homenagem ao meu irmão mais novo que é viciado nesse joguinho. Para saber mais clique aqui.
Vejam o vídeo demonstração retirado do YouTube:

Essa semana discutindo la no trabalho a respeito dessa questão: Programaçao em pares melhor do que programar sozinho? Minha preferência óbvia é programar em dupla até porque acho que enquanto um programa concentrado em um determinado ponto do código-fonte, o outro parceiro está revisando o código junto a você dando idéias, sugestões e até propondo soluções. Digo de fato que sou um adepto de fato ao uso do esquema de programação em pares.
Visto isso, vi no blog do André Furtado, um post legal a respeito da Programação em pares, vale a pena dá uma lida.

Adeus ao Carbide .j


nokia.gifA Nokia acaba de avisar no seu site oficial que deixará de lançar futuras versões para o tão aclamado CarbideJ. (Plugin da nokia para desenvolvimento de celulares da Nokia). De acordo com o site, os atuais sdks para desenvolvimento mobile já dão muito bem conta para desenvolvimento de aplicativos JavaMe. Ferramentas como o Netbeans mobility Pack ou eclipse Me provêm todos os recursos necessários, ou seja, adeus ao Carbide J.
A Nokia fez certo, agora espero que ela consiga prover aos desenvolvedores dessas ferramentas suporte nativo para o desenvolvimento das plataformas da Nokia.

Vamos aguardar!
Aí quando vejo isso , penso 2 x em porque nao comprar um celular com S.O Symbian.. Porque uma vez que vocÊ entra , você nao quer sair mais... E o preços dos brinquedinhos são "baixinhos" aqui no Brasil....

Retirdo do MeioBit:

Se você tentar acessar o Google Maps através do navegador de um telefone rodando Symbian, percebrá um link oferecendo um download. Sim, há uma aplicação nativa, oferecida pelo Google. E a danada funciona muito bem, obrigado.

Embora ainda seja um grande comedor de banda, o Google Maps no Symbian otimiza o que pode e o que não pode, e dada a mão na roda que é ter acesso a esses recursos, é um preço a pagar muito pequeno.

Entre os recursos que temos disponíveis:

  • Encontrar estabelecimentos comerciais
  • Encontrar endereços
  • Traçar rotas entre locais
  • Fotos de satélite
  • Indicações de sentido de tráfego
  • Bookmarks de endereços
  • Bookmarks de estabelecimentos

A localização é simples; você apenas digita o endereço, total ou parcial, e após uma consulta ao servidor é exibido o mapa com a localização do mesmo. Se mesmo assim você não conseguir se localizar, pode usar a ferramenta de rotas, onde é traçado o caminho de onde você está para onde quer ir.

As unidades estão em quilômetros, o que é bem mais reconfortante do que ficar convertendo milhas de cabeça, mas ainda usam orientações baseadas em pontos cardeais, coisa que não é comum no Brasil. Quanta gente na rua sabe de que lado é o Norte? As indicações de rota também estão em inglês.

A cada ponto da rota você pode indicar ao programa para avançar; uma pequena animação mostra o trajeto feito. É possível mover o mapa na tela, e com uma tecla retornar à rota, sem precisar refazer todo o processo.

Não sei se o programa reconhece GPS, mas em breve descobriremos.

A ferramenta de rota funciona também como overlay para as fotos de satélite. Se você tiver uma excelente visão espacial pode ser útil. do contrário use somente para demonstrações.

Na avaliação final, o Google Maps para smartphones Symbian é excelente, guardando suas rotas e endereços habituais e fazendo com que o Guia de Cidades seja deixado na gaveta, durante as viagens. Só não tente usá-lo enquanto dirige.



Screenshot0002.jpg Screenshot0003.jpg

Visão de satélite do meu bairro. Ao lado, Aterro do Flamengo, no Rio

Screenshot0004.jpg Screenshot0005.jpg

Rotas com indicações em inglês

Screenshot0006.jpg Screenshot0007.jpg

Vários pontos-chave da rota indicados. Ao lado um detalhe da mesma, sobre a foto de satélite



Screenshot0008.jpg

Localizador de estabelecimentos e serviços. Não está funcionando muito bem

Videos, Aplicativos e Exemplos bem legais (JavaME)

Vasculhando a net, encontrei essa série de aplicativos e exemplos utilizando buscas em TextBox (Em Canvas). Alternativas interessantes para quem quer suprir o problema de JavaME utilizando A UI de alto nível (High Level UI).
Os desenvolvedores do Astrient Labs fizeram alguns aplicativos bem interessantes juntamente com o código fonte disponível.




No primeiro exemplo, o Yipi, um aplicativo cliente que permite buscar fotos através do Yahoo Image search. Ou seja você digita uma tag de uma foto que você deseja achar e ele vai fazer a busca pra vc nos diretórios de imagens do Yahoo e exibe o resultado para o usuário via celular. Bem legal!
Vejam o vídeo exemplo aqui.






O segundo exemplo disponível é o Wiki, esse aplicativo cliente permite que você utilize os recursos do Wikipedia direto do seu celular. Você pode fazer buscas e e ele traz todo o conteúdo do mesmo direto pro seu celular. Vale destacar o engine de busca que eh bem legal, que é por reconhecimento de caractere digitado que refina a busca. Bem legal mesmo! Vejam o vídeo exemplo aqui , versão em flash aqui.



O terceiro exemplo vai para os fãs do shell do Unix... esse aplicativo exemplo Meos permite você dá comandos via console similares aos comandos usados no Linux / Unix. Por exemplo, entrando whois yahoo.com irá retornar informações sobre yahoo.com

$ whois yahoo.com

Press "Fire" to execute a command.
For example, entering whois yahoo.com will return the whois information for yahoo.com.

$ whois yahoo.com

Press "Fire" to execute a command.

You can alias commands to make the easier to enter.

$ alias w whois
$ w yahoo.com

$ alias w whois
$ w yahoo.com

Vejam o vídeo exemplo aqui.


Esses exemplos e muito mais material de JavaMe voce pode encontrar no HostJ2me.
top