Sociable

BlueMote x Mobalada x MobiGuitar

AManha reinicio minhas aulas, novas jornadas novos desafios. E com certeza novas dores de cabeça também. hehe =D
Estava aqui refletindo sobre alguns projetos que estou querendo desenvolver e fiquei animado com algumas notícias em que fiz uma busca sobre a viabilidade de alguns desses projetos.

O projeto Bluemote é meu primeiro projeto e quero apresentá-lo já na as apresentaçoes de projeto de disciplina do meu curso. O Bluemote é um aplicativo que roda em dispositivos móveis (celulares) com o objetivo de controlar remotamente via Bluetooth programas do Windows. A minha prioridade inicial é poder desenvolver esse aplicativo para controlar apresentaçoes PowerPoint. Porém pretendo montar um framework flexivel que seja capaz de extender facilmente. Isso inclui futuras aplicaçoes controladas como: Bsplayer (Programa de vídeo), Mouse e cliques de mouse, Windows Media Player e PowerPoint. Esse projeto já venho estudando a viabilidade principalmente com meu colega Tiago BockHolt que também vem pesquisando sobre a área especialmente na área de Phyton (Linguagem de programaçao ) para a implantaçao do software.


O meu segundo projeto é o Mobalada. O Mobalada pretendo começar a desenvolver nessa disciplina de Projeto de Banco de Dados, o aplicativo é capaz de informar aos usuários as principais baladas e eventos culturais que rolam durante a semana na Cidade. Isso inclui : bares, cinemas, shows e toda a programaçao possível. Não só poder ver mas como também fazer comentários e outras funcionalidades a mais. Pretendo colocar o mobalada como extensão do meu MobiGrupo, que eh um pequeno projeto de comunidades mobile. COmo funciona? Penso assim. se vc tem um grupo de amigos e quer rapidamente mandar uma msg pra todos sobre um tema, pq vc nao cria um grupo chama seus amigos e todos amigos cadastrados nesse grupo leem e recebem msgs q vc envia. E vc tb pode criar grupos novos ... uma nova interaçao com usuários... Será q fica mais barato q enviar um SMS? pense em quantidade de pessoas, acho que sim! =D pretendo integrar meu mobalada com o esse aplicativo o MobiGrupos . Uma parceria promissora.

O meu terceiro projeto, apoiado fortemente por meu irmão que adora tocar violão é um afinador portátil, portabilidade no celular. Que tal um afinador eletronico que vc afina o seu violao direto do celular. e eu falo é reconhecimento de som e afinar as melodias conforme vc toca.
Sem duvidas ideias que ja existem, mas nao vejo ainda implementaçao.
Mas quem faz e divulga no marketing...
Ganha o pedaço..

Essas sao minhas idéias, e pretendo coloca-las em pratica rápido.

Ah comecei a estudar para o Sun Certified Mobile Application Developer.
e estou contra o tempo.
=P

Sem mais delongas...

e nao é orkut já vindo pro celular??

Acabei de ler na Info Online... parece que o orkut quer expandir via celular, só nao sei se SMS é a abordagem correta de explorar esse potencial mercado.
mas estamos evoluindo...
veja a noticia na integra... (a parceria é google e claro (operadora)!) via SMS...
receber e mandar scraps direto do seu celular!

Brasil estréia mensagens do Orkut no celular

Segunda-feira, 29 de janeiro de 2007 - 13h39

Empecilhos para serviços nos celulares

Os principais empecilhos para não avalancar programas de software j2me no mercado sao:

*** Tecnologia ainda bastante confusa
*** Serviços da operadora não são tão esclarecidos aos clientes
*** Taxas absurdas para acessar a internet via celular
*** Instalação e manuseio ainda confuso de aplicativos
*** Mais da metade dos celulares no Brasil são pré-pagos


parece que ainda vamos demorar muito até chegar ao primeiro mundo... (Até as operadoras acordarem!)

Ver mais no artigo:
http://webinsider.uol.com.br/index.php/2007/01/25/servicos-no-celular-dependem-da-evolucao-das-redes/
Tempos que nao escrevo por aqui , na verdade tenho andado meio ausente. Mas vamos as novidades.... Navegando em sites alheios encontrei algo interessante! Sobre a nova tecnologia que pode vir entrar como um novo padrão! Estou falando de uma tecnologia que já vem arrasando a WEB e promete vir também avassalar as tecnologias móveis, é ele mesmo : AJAX.
Digo que sem dúvidas o AJAX será futuro. Claro que J2me, continuará ainda tendo seu espaço nos aparelhos móveis, mas acho que com a evoluçao dos celulares... a web também será acessada via celular, apenas questao de tempo. Com a criaçao de Widgets(pequenos aplicativos web nos celulares), novos aplicativos serão rapidamente criados e instalados em aparelhos móveis. J2me é bom , claro mas ainda sofre com questões de padronizaçao e compatibilidade. Quem sabe j2me nao pode se tornar mais robusta.
Questão de tempo para o AJAX aparecer nos aparelhos móveis. e já temos provas disso:
Mojax (http://mojax.mfoundry.com/display/mojax/Installation) pequenos widgets web que acessam informaçoes do aparelho móvel. Conteúdo bastante interessante.

Mais informaçoes no artigo:
http://pensomovel.terapad.com/index.cfm?fa=contentNews.newsDetails&newsID=7485&from=list

GPS : Nokia N95

Nokia N95 - GPS DEMO
Vejam como hoje nos EUA é fácil encontrar locais e pessoas!

Se ele não é o pai, com certeza é o irmão dele.. do Marketing



MacWorld 2007: Steve Jobs KeyNote Speech (Lançamento Mundial do IPhone)

Não posso dizer em palavras, apenas vejam: (videos Youtube)

Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6
Parte 7
Parte 8
Parte 9
Parte 10
Parte 11
Parte 12

Colaboraçoes Moveis

Navegando pela internet, achei muito interessante dois artigos que eu li no site websinder, sobre a inovaçao das comunidades móveis em aparelhos portáveis como celulares, pdas, etc. Ele lembrou-me de certa forma a idéia central do meu projeto idealizado mobalada. Alguns pontos interessantes que ele destaca é sobre a avaliaçao e a participaçoes dos usuários nesse sistema. Como um usuário pode influenciar outro através de suas escolhas e interesses afins. Acho legal, por exemplo o fato de vc ter ido pra aquele local e poder contribuir sua opiniao com outros usuários interessados. Sem dúvidas o Brasil tem poder para isso, basta um bom trabalho de marketing e divulgaçao e assim como um suporte completo para a maior quantidade de aparelhos possíveis. Nesse 2 artigos, o escritor fala a respeito da sua idéia : o G2G (Google to Go) , uma ferramenta comunitária bem semelhante ao orkut porem mais simples. Ele se usa de comunicaçao sem fio como bluetooth ou wi-fi. Além de poder se comunicar com outros usuários através da criaçao de perfis onde sao navegados (que nem o okut), teve a idéia da criaçao de transmissores com mesma tecnologia, assim quando um usuário do G2G entrar naquele local equipado com esse aparelho , permite que o usuário saiba mais informaçoes, opiniões e também fazer suas proprias avaliçoes colaborando assim para que outras pessoas saibam mais também daquele local. Vejam mais sobre essa idéia no site: http://webinsider.uol.com.br/index.php/2005/08/11/colaboracao-mobile-a-nova-fronteira/

Aqui vai algumas idéias em destaque que achei interessantes:

CASO 2 – Eu estou em um shopping e tenho 30 minutos de tempo livre. Ao invés de ficar passeando aleatoriamente, faço uma busca por lojas do shopping e vejo a lista das que são freqüentadas pelos meus amigos. Outra forma de funcionar é checando um estabelecimento. Antes de entrar, o usuário recebe as informações sobre o estabelecimento e busca as avaliações sobre ele nas listas de seus amigos.

CASO 3 – Quero fazer uma festa de aniversário em um bar e seleciono as opções à disposição a partir do local e das avaliações dos meus amigos. Isso pode funcionar às avessas: você é convidado para ir a um lugar que não conhece e checa para ver se os seus amigos foram e o que eles acharam.

CASO 4 – O G2G pode ser um canal de relacionamento como o Orkut: através dele você pode conhecer os amigos dos seus amigos. Você pode trançar os seus relacionamentos. O seu perfil vem com o nome dos seus amigos. Quando o usuário recebe o perfil de outra pessoa, o G2G verifica se as duas pessoas têm outros amigos em comum. Da mesma forma, o sistema organiza clusters de relacionamento. Fulano conhece você e mais cinco amigos seus. Beltrano conhece você e mais dois familiares e oito amigos. Essa informação pode ser ranqueada. Você pode navegar por essas relações como no Orkut: vai do perfil de uma pessoa e vê quantas pessoas que você conhece e ela também. Dessa forma, por exemplo, o usuário pode simplificar a organização de eventos sociais: convida um pequeno número de pessoas e deixa que elas convidem as outras pessoas.



CASO 5 – Outra possibilidade é que ele seja uma ferramenta de comunicação para um espaço pequeno. O usuário transmite o seu perfil ou uma mensagem para o equipamento retransmissor de um bar, e ele pode: 1) distribuir a sua mensagem para pessoas que estejam no local; 2) cruzar o seu perfil com o de pessoas que estejam lá. Funciona assim: o usuário chega no bar e transmite o seu perfil, indicando que está interessado em entrar em contato com outras pessoas – nesse sentido, pode usar uma solução parecida com o meetup.com: estudante, programador, falo português. O sistema processa essa informação e diz se existem outros usuários no estabelecimento que também estejam disponíveis e que tenham essas características ou outras que forem especificadas.

Veja o artigo completo em:
http://webinsider.uol.com.br/index.php/2005/08/14/redes-de-colaboracao-moveis-por-que-nao/
Claro que nao poderia deixar de comentar o mais novo lançamento que está sendo comentado pelo mundo todo. O novíssimo celular IPOD da Apple: o IPhone. Um celular revolucionário que pretende unir funçoes de celular, mp3 player e outras funçoes em um só aparelho. Vejam mais sobre ele no site :

http://webinsider.uol.com.br/index.php/2007/01/14/iphone-faz-o-basico-sofisticadamente-simples/

Previsoes da IBM até 2011.. Ou será q antes?

Lendo essa matéria no site da infoexame, em que fala sobre as previsoes da IBM sobre o que vai ser e como será a tecnologia em 2011. Umas previsoes legais sobre mobilidade. é verdade que celulares realmente vao cada vez mais se adaptar ao usuário. Penso da seguinte maneira, qd vc entra no seu pc de casa vc tem um ambiente diferente, isto é programas diferentes, desktop diferente, papel de paredes diferentes, opçoes e configuraçoes que vc escolheu. Diferente de outro usuario que pode ter uma configuraçao totalmente diferente da sua. Já em questao de ambientes ... vc tá no trabalho que tal o seu celular se adequar aquele ambiente, ele mostra ferramentas, configuraçoes adequadas de acordo com o ambiente que vc está. vc está em um momento de lazer, otimo ? ele ja aciona programas de redes sociais, papeis de paredes toques tudo automaticamente. é a I.A tambem provavelmente reinando no mundo dos celulares. O proprio celular vai se configurar ao cliente e nao o inverso!
Outra coisa bem legal tambem comentada na materia eh de dispostivos que traduzem em tempo real. voce nao sabe japones? basta vc falar ao celular e ele traduz tudo instantaneamente ao vivo. Acabou a moda de digitar palavras-chaves e esperar o texto ou vc falando pausadamente para dar tempo que o sistema processe. é tudo instantaneo vc fala e ele traduz!!
pelo jeito essas novidades vao dar o q falar.
Leiam mais no site:
http://info.abril.com.br/aberto/infonews/012007/09012007-8.shl

Muito legal mesmo!

Conteúdo para dispositivos móveis vai decolar

Lendo hoje alguns sites, notei uma certa coincidencia em relação ao principal assunto discutido sobre dispositivos móveis. A pergunta é: Quais conteúdos para dispositivos móveis irao decolar agora em 2007?
Sem dúvidas, muita coisa está por vir. Acho que sem dúvidas novos programas para celulares como jogos que irao predominar esse ano, programas sociais que usam o conteúdo do usuário também irao reaparecer. Programas como:
Bluetooth e Wap Push
Podcasts e música (MP3)
Streaming de vídeo
Localização e oferta geográfica (Google Earth, MapLink)
Promoções, caça ao tesouro, quizz etc

Vejam o que está por vir:

Tirado do : http://www.mobile-weblog.com/

2007: Year of Mobile Games?
Filed in archive Forecasts by tom on January 03, 2007
PocketGamer (via Moconews) have compiled a list of the top 10 reasons why 2007 will be the year for mobile games. Reading through the list throws up some interesting points:1:

Advertising Supported Games
This is already happening, with services like Pitch offering free games and other mobile content downloads based on an advertising-supported model (Disclosure: I work for Pitch), although having a single game solely supported by advertising will be an interesting experiment.

6: More crossover with Web and online gaming
Well, it's about time. This is something I've been going on about for years, and I really think this is one of the major opportunities that has been missed.

10: More camera and LBS games
I think I'll have to disagree here, although I do expect there to be some camera games. Personally I'd love to see something like MogiMogi released in the UK. This has to be one of the most exciting multiplayer mobile games I have ever seen, but with the cost of each location-based query still costing in excess of 25p gross (meaning at least 50p or more to the consumer!), no game can make decent use of location-based services in the UK.I did spend a lot of time looking onto launching something similar to MogiMogi in the UK, but outside the major cities the only way to do location-based is via the various carriers, where the cost is far too prohibitive. Obtaining a cellphone's location using cell tower lookup is possible, but you're limited in the handsets which support it, and getting the actual physical locations of each of the cell towers is almost impossible.

It will be interesting to see how many of these predictions come true over the coming year.

Outro artigo interessante: http://webinsider.uol.com.br/index.php/2007/01/04/conteudo-para-dispositivos-moveis-pronto-para-decolar/
Falando em eventos...


UMR student-entrepreneur Benjamin Roodman is going mobile with the launch of a social networking service that integrates the Internet with cellular telephone technology.
[Thanks to Andrew Careaga of the University of Missouri-Rolla !! ]
Roodman, a senior computer engineering major from Chesterfield, Mo., is the CEO of ImThere, a social networking service that connects subscribers to information about events -- such as concerts, CD launch parties or indie film festivals -- via text messages over their cell phones. ImThere is the first service launched by a company Roodman co-founded in early 2006, Ramped Media.
“ImThere is a user-driven site that allows people to find things to do, by using either their cell phone or the website,” says Roodman, who is piloting ImThere in St. Louis with plans to expand it to other markets later this year".


Im there ou simplesmente "Eu estou lá"" é um site dirigido aos usuarios que permite que pessoas possam achar coisas para fazer, usando ou o seu celular ou um website. =)
Muito legal mesmo vejam o site: http://www.imthere.com/

Ele tem a mesma ideologia do mobalada. Um site que permite encontrar os principais eventos da sua cidade. Vou dar uma melhor checada no conteudo desse site. Achei bastante interessante a idéia especialmente sobre como os eventos sao cadastrados, onde os proprios usuarios podem cadastrar seus eventos. Muito legal mesmo =)
Depois vo catucar mais nesse site.

ANo novo ... aparelho novo

Primeiramente feliz ano novo, nova postagem esse ano de 2007 e contribuir com a comunicaçao. Por enquanto sem muitas novidades. Achei algumas coisas interessantes como o lançamento da SUN do Looking Glass 1.0 Uma Interface 3D muito legal. Vcs podem ver o video por esse site:
Todo em java!! hehehehe
http://www.youtube.com/watch?v=zcPIEMvyPy4


E A previsao de aparelhos celulares em 2007. O boom a surgir: Aparelhos novos, funcionalidades novas, mais recursos integrados. Quem sabe as operadoras começam a gastar mais em funcionalidades agregadas ao aparelho como serviços de consulta e mensagens. Fico impressionado como ainda nao podemos investir em sistemas de SMS em que possamos enviar msgs em massa para usuarios. Acho tambem a explosao de aparelhos com jogos, camera de ultima geraçao e até quem sabe o uso de GPS. Muito dificil. Mas acho que no Brasil o boom desse ano em dispositivos celulares será a exploraçao concentrada de serviços das operadoras. E também o uso em massa de novos designs em aparelhos. Quem sabe nao pinta de vez o symbian por aqui ou o java decola dessa vez em jogos e aplicativos.
é aguardar para ver.
e welcome back! hehe
top