Sociable

Nova versão do PyS60- 1.9.4 - disponível para download!

Olá pessoal,

O time de desenvolvimento do PyS60 lançou hoje mais uma nova versão da série 1.9.x. Algumas modificações, porém nada de "grandes" novidades. Mas sempre correção de bugs e melhorias nem que sejam pequenas são sempre bem vindas.

Novas funcionalidades do PyS60 1.9.4:

  • Um único pacote de instalação assinado, o qual pode ser instalado em quaisquer aparelhos S60 3rd ED e edições posteriores, está disponível. (Tamanho médio de 2.8MB com dependências).
  • Um novo e melhorado Empacotador de aplicações (Gera executáveis .SIS): O Novo PyS60 application packager analisa toda a aplicação python que está sendo convertida e localiza os módulos Python faltantes que a mesma é dependente e empacota-os junto com a aplicação.
  • Maior facilidade de depuração: O runtime do Python e seus componentes podem ser instalados executando quaisquer aplicativos Python empacotados com o novo application packager que vem na versão 1.9.4 (Obs: Apenas disponível a partir de dispositivos S60 3rd Edition FP2 em diante com o último firmware instalado).
  • 2 novas APIs adicionadas ao módulo socket - access_point() e set_default_access_point() que tem funcionamento semelhante aos presentes na API do módulo btsocket.
  • 2 novas APIs adicionadas ao módulo e32 - get_capabilities() e has_capabilities(). O primeiro é usado para recuperar as capabilities, para quais o aplicativo foi assinado, e o outro checa, dado uma lista de capabilities, se tais estão permitidas ou não no aplicativo.
  • O novo modo para o appuifw.app.screen = 'full_max' que pode ser usado para obter a "tela cheia" para dispositivos que não possuem os soft keys (esquerda e direita). Ex: Nokia 5800

Algumas melhorias bem interessantes, especialmente a adição das APIs relacionadas ao socket. Acho que é a solução para os famosos pop-ups que o fone exibia toda vez que era necessário acessar alguma informação pela rede, perguntando qual era o access_point desejado. Ufa!

E este novo empacotador que pode adicionar o runtime do PyS60 junto com a aplicação. Evitar assim ter que o usuário primeiro instalar o runtime, para depois instalar a aplicação. Era um trabalho gigantesco! (Claro que havia paliativos para tal, mas esta agora oficial sem dúvidas vai contribuir muito com a distribuição dos aplicativos). Pena que só funciona para Symbian 3rd FP2 em diante, ou seja, não há suporte para o N95, N79, E71, N73..

Mas no geral, sempre bom ter novas versões do PyS60, especialmente para chegar à versão final - PyS60 2.0!

Você pode fazer o download da versão 1.9.4 do site maemo garage: garage.maemo.org/frs/?group_id=854

Fonte: Blogs Forum Nokia

Reconhecimento de objetos em tempo real para aparelhos móveis

Eu acabei de ver essa notícia, e digo que fiquei IMPRESSIONADO com a tecnologia apresentada nessa demonstração. Do que eu estou falando ?

Simplesmente, uma empresa, a iVisit, demonstrou em uma conferência uma tecnologia usada em aparelhos móveis para auxilar usuários no processo de reconhecimento de objetos.

O aplicativo denominado SeeScan, permite que os usuários ao apontarem seus aparelhos móveis (especificamente a câmera) para o objeto, identifique em tempo real o mesmo. Imagine a tecnologia do Nokia Point & Find (outro sistema de identificação em tempo real). A idéia que por exemplo, você apontando seu celular com este aplicativo em execução para uma garrafa de coca-cola, ele irá identificar em tempo-real e dirá em voz alta que é uma coca-cola.

Claro que há algumas limitações, de acordo com a empresa , o software só funciona com uma quantidade limitada de objetos, mas que aos poucos irão aumentar a base de dados. Não tenho dúvidas que isto é o futuro na área de realidade aumentada.

O uso desse aplicativo ? Imagine os deficientes físicos como cegos por exemplo. Usando esse aplicativo nos seus aparelhos, eles poderiam ajudar na identificação de objetos quando apontados, como se fossem "olhos virtuais" . Muito legal, ein ?

A melhor parte, vem agora, que uma versão beta do aplicativo estará disponível ainda este ano, com suporte para os aparelhos Windows Mobile, e futuramente Symbian e Iphone.

Como existem pessoas que só acreditam, vendo... Coloco aqui a demonstração do iVisit:



Meus comentários:
1 - Isto é um avanço gigantesco na área de realidade aumentada especialmente em sistemas embarcados. Construção de aplicativos deste porte em aparelhos em que desempenho é limitado é um desafio, especialmente quando se trata sistemas críticos com tempo de resposta real.
2 - Incrível como no vídeo, o usuário aponta com uma câmera que de certa maneira tem algumas limitações como resolução da câmera, luz ambiente, etc e consegue em apenas 2 a 3 segundos identificar o objeto. Quero imaginar que algoritmos de reconhecimento de imagens estão por trás deste aplicativos e se há alguma técnica inteligente (RNA ou SOM, Hopfield) para aprimorar ou dar suporte nesta identificação.

3 - A melhor parte é quando ele amassa a nota, e ele ainda consegue identificar o objeto. Imagino que o algoritmo é bem robusto e consegue trabalhar com ruídos e partes de imagens (parcialmente visíveis). Muito interessante!


Recomendo a todos a leitura e visualização desse post, especialmente interessados em reconhecimento de imagens em tempo real para sistemas móveis!

Fonte: IntoMobile
Encontrei um post ontem no blog MeioBit sobre uma área de pesquisa para solução de problemas de robótica, biônica e cibernética. Uma megacorporação da área industrial , Festo, construiram PINGUINS biônicos que nadam e interagem com o meio-ambiente de forma natural. Sei que nada tem haver com mobilidade, mas me deixou refletindo aqui um pouco sobre a evolução da tecnologia. Cada vez mais novas tecnologias são desenvolvidas, mesmo que só serão usadas daqui a décadas. Imaginar que coisas que eu li em quadrinhos ou vi em filmes de ficção científica estão virando realidade.

Não posso, agora duvidar mais disso. Vejam o vídeo abaixo demonstrando os pinguins biônicos:







Fonte: MeioBit
Olá pessoal,

Queria divulgar esse artigo bem interessante que encontrei na internet com uma análise feita pelo blog GizModo sobre as lojas de aplicativos móveis hoje existentes. Como sabemos, hoje há uma diversidade de lojas virtuais como ITunes, Android Market, Nokia Ovi Store, etc.

Eles fizeram uma análise das lojas e explicam o que cada uma pode oferecer. Recomendo a leitura!



Nokia Maemo Internet tablet : N800 e N810

Olá a todos,

Estou muito entusiasmado! Finalmente, consegui fazer o pedido do meu Nokia Tablet N800! Agora só aguardar, para por as mãos neste novo gadget.

Para aqueles que não conhecem o Nokia Tablet N800! Irei dar um pequeno resumo:

A classe dos Internet Tablets compreende os dispositivos cujo foco é em acesso à internet e reprodução de mídia. Um dos fabricantes que dispõe de aparelhos neste mercado é a Nokia com os tablets Nokia N800 e o novo Nokia N810.

A plataforma Maemo, formada pelo sistema operacional Maemo e por um SDK, é a parte de software dos Internet Tablets da Nokia.







O Nokia N800 é um dispositivo com acesso sem fio à Intenet originalmente lançado em janeiro de 2007. Apesar do foco da Nokia ser associado a aparelhos celulares, o N800 não é um telefone. Ele permite navegar na Internet usando conexões Wi-Fi ou através de um telefone celular via Bluetooth.



O N810 tem muitas semelhanças com o N800. Embora ambos rodem o Internet Tablet OS 2008, existem algumas diferença entre eles. As novas funcionalidades do N810 como sensor para detecção de luz ambiente, GPS integrado, webcam frontal, teclado físico, entre outras faz com que ele seja um N800 melhorado.



Em nível de suporte de aplicações, há uma diversa gama de opções. Boa parte delas estão hospedadas na Web pelo site https://garage.maemo.org/. Além de aplicações, podemos encontrar também frameworks e ferramentas interessantes que auxiliam na criação e desenvolvimento de novos aplicativos para o tablet. Podemos citar o Easy, ESBox, PluThon e Brisa como exemplos de frameworks e ferramentas desenvolvidos e mantidos por brasileiros (Laboratório de Sistemas Embarcados e Computação Pervasiva da UFCG - Universidade Federal de Campina Grande - http://www.embedded.ufcg.edu.br/).

Vamos falar de alguns deles:



O objetivo do Easy é tornar o desenvolvimento de aplicações para o Maemo extremamente fácil sem perder o poder de processamento e o acesso às suas funcionalides. Para isso ele encapsula toda a complexidade de serviçoes de multimídia, rede e interface gráfica através de uma API de alto nível na linguagem Python.




O ESbox é um plug-in do Eclipse que ajuda a programadores a desenvolver aplicações para a plataforma Maemo. Ele suporta as linguagens C/C++ e Python e o mais legal, não quer um dispositivo para testes do seu aplicativo.




PluThon é um outro plug-in para o Eclipse que provê o suporte ao desenvolvimento de aplicativos em Python para a plataforma Maemo. Desenvolvedores executam e depuram aplicações diretamente no dispositivo, o que acelera o desenvolvimento.



BRisa é outro framework escrito também em Python que permite a criação de aplicações UPnP, focado em Servidores multimídia e renderização de mídia.


Como vocês podem ter observado, há várias ferramentas out-of-the-box para o desenvolvimento de aplicações para seu Nokia Internet Tablet. E o mais interessante, que há uma forte tendência pela escolha de Python e C/C++ como as linguagens para desenvolvimento de aplicativos para estes dispositivos. Isso me fez me aproximar mais deste pequeno aparelho. Estou até com umas idéias interessantes para construção de frameworks de simulação na área de computação inteligente para sistemas embarcados e no aprendizado da linguagem Python com um simulador gráfico de batalhas de robôs programados por desenvolvedores. Enfim, isso fica para próximos posts!

Até a próxima!

Já imaginaram um Google Brain Search ?

Olá a todos,

Achei esse projeto intrigante no site do google Mobile : Brain Search. Não sei se é alguma pegadinha de 1 de abril, mas enfim... Por um momento nos faz pensar quando chegará o dia em que poderemos controlar nossos aparelhos com a mente.
Já pensou... Você indexar as informações do seu cerébro e usar engines de busca como busca de conteúdo ?

Vejam o vídeo abaixo:

Porting do PyGame para PyS60 1.9.x


Gostaria de informar que o PyGame foi portado para a última versão do PyS60 - 1.9.x. Isto significa que ele agora também é compatível com a versão PyS60 1.9.3.

Este porting não vem com o interpretador do PyS60, então é necessário ter o PyS60 1.9.x instalado antes.

Faça o download da última versão do Pygame para PyS60 aqui.
top