Sociable

Gráficos em JavaME

Como criar gráficos em JavaME??

Eis aí uma opção interessante:

Charts and graphs are very convenient and efficient way to present data to audiences. Charts make it easy for people to compare figures and present an interpretation of the data itself with just a glance.

However writing a class to represent data in charts in J2ME environment is very time consuming if not difficult, especially when the data representation part consists of a very small part of your mobile application.

Fortunately, there's ChartComponent, an easy to use class for generating charts in J2ME JavaME applications. ChartComponent requires MIDP 2.0 / CLDC 1.0 supported phone in order to be use.

Supported charts in the class are :

  1. Horizontal bars
  2. Vertical bars
  3. Line
  4. Pie (experimental)

ChartComponents comes with javadoc API documentation for references and a test suite which serves as a demo and code reference. The only drawback that I found with are : It is not open source, it is quite large.

However the ChartComponent jar class size can be reduced after integrating with your own midlet with the use of obfuscater.

Download ChartComponent from Beanizer.org

pie.png
palm.gif




Fonte: MobilePit
Lançado o Iphone e tempos depois várias maneiras de desbloquear o aparelho já foram divulgadas a fim de permitir que o aparelho funcione em outras operadoras.
A Apple corre atrás e lança uma atualização do software do Iphone para que consigam remendar esses bugs que permitem o desbloqueio do mesmo.
Conclusão lógica: Ahhhh , eu não vou atualizar meu aparelho! não é obrigado mesmo!!
O que acontece que a Apple é mais esperta do que as pessoas pensavam... (Não sei se é realmente o objetivo da Apple) mas ela lançou essa atualização + algumas funcionalidades novas interessantes como:
  • Capacidade de desligar EDGE/GPRS em roaming internacional
  • Ajuste de volume no alarme
  • Saída de TV habilitada
  • Status da bateria do phone bluetooth na tela
  • iTunes WIFI music store
  • Alto-falantes com som mais alto
  • Botão home agora funciona como no Touch
  • Barra de espaço inteligente para endereços web
Ou seja, e agora depois de todas essas atualizações a mais?? Será que os usuários não vão se balançar na hora de atualizar ou não??

Estratégia eficiente da Apple: Como forçar os usuários a atualizarem seu Iphone com remendos em background no firmware? Simples, cria um aparelho com funcionalidades pendentes, e vai atualizando aos poucos assim já prevendo a possível tentativa do desbloqueio do mesmo.. Ou seja usuários baixando, A Apple feliz e a ATT mais feliz ainda! (Operadora nos EUA responsável pela venda!)

Fonte: MeioBit

Java em Windows Mobile 5

Para os interessados em instalar o J2me em Smartphones equipados com Windows Mobile e não sabem como... Um artigo legal foi publicado no site InfoBlog falando sobre exatamente isso!
Vale a pena a leitura!
Link: Rodando Java no Windows Mobile 5 for SmartPhone.

HipCheck: Conecte-se aos servidores via Celular!

Essa vai para os administradores de Sistema em Geral...
Geralmente você quer acompanhar como anda a saúde dos servidores ou precisa executar algum comando nos mesmos mas não está próximo a eles ou não tem uma máquina por perto pra fazer uma conexão remota. Que tal então executar comandos via seu celular?? Pois é! O programa HipCheck lançou um aplicativo cliente que permite você se comunicar com servidores remotos com S.O s de Windows a Solaris tudo via a tela do celular!!

Querem saber mais ??

Watch and work on your Windows & Solaris servers

Here's a quote:

 An important new feature adds a
command-line facility that allows
the user to run a command
remotely. To avoid potential
security issues, only commands on
an approved list can be executed.
The number of server platforms
supported has increased, adding
Windows 2000 Server and Sun Solaris
systems to the mix. There's now a
Java J2ME client available, allowing
the use of Java-capable mobile
phones.
From: Hinkmond Webblog

Roubo Celular: O que acontece por trás de um Bloqueio ?

Seu celular foi roubado... e aí o que acontece?? Você sabe os procedimentos para desabilitar o aparelho para que não possa ser mais usado (Habilitado para outra linha) ? (Embora às vezes é possível ser burlado....) Você sabe o que é o IMEI do seu aparelho?
Pois achei muito legal esse artigo tirado do VIVASEMFIO.com falando sobre o IMEI, Celulares e procedimentos no caso de roubo. Por sinal recomendou até um software para aparelhos Symbian e Windows Mobile onde é possível dar um comando remoto e apagar tudo do seu aparelho..
heheheh
Dê uma olhada no artigo aqui.

SMS e ferramentas para a medicina

Como utilizar os SMSs em um hospital ou clínicas??
Muito simples..
Que tal relembrar as consultas dos seus pacientes com simples SMS??
E o legal, é que já está em prática.. e o mais legal ainda! Por esse método melhorou em 27% o comparecimento dos pacientes à sua consulta.
Vejam isso e muito mais no blog: Mobile News .

O uso de lembretes utilizando mensagens de texto aumentou em 27% o comparecimento de pacientes em consultas de um centro médico inglês chamado Lewisham Primary Care Trust.

Para isso os pacientes devem deixar o número do celular para receber os lembretes via SMS além de informações gerais sobre saúde. Após 12 meses da implantação do serviço, 43% dos pacientes já recebem informações diretamente em seus telefones.

Com o objetivo de reduzir a ausência em consultas médicas, a solução SMS se mostrou a melhor forma de interação entre o centro médico e seus pacientes.

Fonte: Mobile News

Minha publicação de posts tem diminuído o ritmo pois estou em semana de provas na minha faculdade o que faz ocupar um pouco ou se não grande parte do meu tempo. Mas sempre vou procurar me esforçar a postar coisas legais por aqui.
Por sinal achei essa matéria interessante no site Mobile News...
Onde fala sobre o celular como a próxima fronteira para a publicidade.
Quero destacar principalmente alguns dados interessantes que justificam o fato especialmente aqui no Brasil onde as operadoras e também os aparelhos não contribuem para o advento da publicidade em massa em dispositivos móveis.
LEia na íntegra no site: Mobile NEws

Relevância e opt-in estão entre as metas de anunciantes, operadoras e desenvolvedores para mover a publicidade em celulares no Brasil.

Com mais de 108,5 milhões de terminais habilitados até julho, o Brasil ocupa a quinta posição em um setor que supera 2,9 bilhões de terminais no mundo. No entanto, quando se trata de publicidade, as cifras não são comentadas pelo segmento, ainda em busca de melhores práticas para a aplicação da mídia móvel.

Segundo dados da Mobile Marketing Association (MMA), os investimentos mundiais em publicidade no celular somaram 24 bilhões de dólares em 2006 e devem saltar para 55 bilhões de dólares em 2011. Considerando que o celular é uma mídia mais recente, a soma não é pequena se comparada à previsão da consultoria Veronis Suhler Stevenson sobre os investimentos em publicidade na internet (62 bilhões de dólares) e em televisão (86 bilhões de dólares), nos próximos quatro anos.

E o que torna o celular a "mídia dos olhos" de agências, operadoras e desenvolvedores de soluções móveis? Na visão de representantes deste segmento, reunidos no 1º Workshop de Mídia Mobile, realizado na terça-feira (28/08), em São Paulo, o pequeno dispositivo é uma mídia única, onde a propaganda pode ser desejada e não apenas exibida ou distribuída.

"É um equipamento muito pessoal, está sempre com o usuário e ele está sempre conectado", destaca Marco Quatorze, diretor de serviços de valor agregado e roaming da Claro. Hoje, os 27 milhões de assinantes da operadora trocam mais de 150 milhões de mensagens de texto (SMS), 10 milhões de mensagens multimídia (MMS) e fazem 3 milhões de downloads - jogos, ringtones, wallpapers etc. - ao mês.

Os números sinalizam a necessidade de aplicar melhores práticas para inserir a publicidade "não-invasiva" nos celulares. "É importante fazer com que a base aceite receber publicidade no celular", ressalta o executivo da operadora que vem trabalhando o opt-in em sua base de assinantes, desde o início do ano.

As modalidades de propaganda no celular, segundo Quatorze, vão além de apresentar um banner na página inicial do portal WAP da operadora, o que já apresenta um índice de dispersão quase nulo, indica o executivo.

"Em um futuro próximo, o cliente receberá, no celular, a informação de um show que vai acontecer na cidade, poderá comprar o ingresso pelo aparelho, entrar no show com o código de barras na tela do dispositivo e depois receber o anúncio móvel de uma promoção do DVD daquele show. O cliente pode assistir a TV no celular, adorar uma trilha sonora e comprar pelo aparelho", prevê.
(....)

Mais no site : Mobile News

Aparelho permite o uso de celulares para cegos e surdos.

Deficientes físicos como cegos ou surdos têm uma certa limitação quando a questão é o uso de aparelhos celulares. Especialmente devido ao seu manuseio.
Talvez agora isso esteja para mudar, quando uma universidade européia está desenvolvendo um dispositivo que se comunica com o aparelho celular via Bluetooth no qual o mesmo consiste de um pequeno teclado braile e alguns botões que facilitem o uso deles para cegos ou surdos.
Achei muito boa a idéia e o melhor o software embarcado no dispositivo é feito por código open-source Python na veia!
Muito boa a idéia e a iniciativa...
Leiam mais abaixo no texto retirado do Forum Nokia Blogs:


(...)

Prototype of the ninepoint box in use.
Prototype of the Ninepoint Box in use.
Without eyesight, there are currently only two possibilities for mobile communications:
  • Text2Speech-software: This is problematic due to the privacy requirements – it’d be hard to use in public. Also, navigation through menus is slow. Another disadvantage is that it’d be nearly impossible to put text2speech-software on top of the existing UI of mobile phones, as today’s interfaces are usually very graphical. For example, even the alarm clock application couldn’t be read by software, as the time is usually presented in a graphical way.
  • Special Braille PDAs: They are comfortable to use, but very big and expensive, making their daily and mobile use problematic.
Why not use the power of modern Smartphones to provide a new and better solution? A project started by Ewald Kantner at our University of Applied Sciences in Hagenberg tries to address this issue.

Ninepoint Box

Closeup of a prototype Ninepoint Box.
Closeup of a prototype Ninepoint Box.
A small, external box with several Braille components and keys for easy input connects through Bluetooth to the mobile phone. A special Python-application on a Symbian OS phone is responsible for communication and for providing the special non-graphical user interface.

The interface has to be highly optimized to be able to efficiently access the most important features of phones, like making calls, sending SMS and using the alarm clock or calculator. Python proved to be the ideal choice for these tasks as its performance is sufficient and it enables better access to the required phone services than Java ME. On the other hand, using standard C++ would be very difficult due to the vast amount of different system APIs that are involved – of course, they’re very powerful but therefore also complex.

The resulting solution is relatively cheap, easy to use and very transportable. It has been a big challenge to design the hardware and to test it with the target group, as the requirements are hard to meet. In the current status, fully working prototypes are finished and the final hardware design is on its way.

To bring this product to the market, Ewald Kantner has started his own company “Ninepoint Systems”. Currently, he is searching for investors to bring the solution to the market – which is looking forward to the solution, according to the feedback from Europe’s biggest fare for sightless people, “Sight City”.
interessante idéia...
Conteúdo gerado por usuários enviado pelo celular a e-mails e a outros aparelhos celulares.
Acho que principalmente o meio mais rápido de distribuir conteúdo seria um meio mais rápido de chegar a pessoa. E talvez esse caminho seria via e-mail. Afinal, hoje é dificil encontrar uma pessoa que não tenha uma conta de e-mail.
Um pequeno programinha que possa enviar conteúdo (imagens, videos, etc) para o celular ou email de uma pessoa é uma boa pedida.
Me baseei nessa notícia retirada do Mobile Crunch:

We’re no stranger to Veeker, the mobile multimedia messaging technology. A new version of Veeker, fittingly called Veeker 2.0 is able to have a beta launch next Monday.

Veeker 2.0 will enable users to create video, photo and TXT messages with their mobile phones, Web cams and digital cameras and almost instantly deliver these messages to friends’ phones or send via e-mail to Veeker accounts including profile pages and blogs. This new platform further will code and embed media from the phone to e-mail.

This sounds like an interesting option, but it will be interesting to see whether users can opt out of receiving these embedded messages. The last thing a cynic like me might want is more user generated content sent to me. Some of this stuff can be cool yes, but I don’t have friends that are that creative. Oh, they think they’re creative but they’re not.

Still for those imaginative types that enjoy sending and receiving this Veeker 2.0 could be onto something. Just as long as they don’t send it to my phone!

Conexão Internet para PC/Palm via Bluetooth/ GPRS do celular!


Artigo muito interessante publicado no VIVASEMFIO.com falando sobre como fazer uma conexão internet via Bluetooth através do GPRS de um celular.
Ainda não testei, mas acho que pode funcionar! Lembre-se que tem um custo associado que depende da operadora do seu aparelho por dados trafegados.
De toda maneira, vale a pena a leitura desse artigo!

Site: VIVASEMFIO.com

Script language with power of Java!

If you had to create a prototype of mobile application quickly, many of you would probably choose Python - someone may justify this choice by pointing out that you can write and run the code (script) immediately on the device and that other similar solutions aren't so integrated with smartphone's advanced functions. For simpler tasks you can choose Perl, Ruby, Opl (or some others). Such solutions have one substantial drawback - they need operating system to work on, in this case - Symbian. Recently, I've found interesting Java based option (it works with J2ME, MIDP + CLDC based devices). It's called HECL and it's an open source project.


Hecl derives simple, flexible, command based approach from Tcl and it's easy to learn even for people who aren't programmers. Of course, Hecl isn't a 'replacement for Java', but I find it as a complementary approach to Java. It's unlikely that an entire software would be written only in Hecl, so it's interesting how you can integrate Hecl and Java. Generally, there are two ways of doing this:

  • calling Hecl from Java - to utilize Hecl code from Java, you need to initialize the interpreter and then use it to evaluate the code
  • creating Java Extensions for Hecl - write your program in Hecl and add Java extensions to perform specific tasks. This model is very popular with mature languages like Tcl, Ruby and Python, where the scripting language contains all the functionality necessary to write a fully functioning system, and extensions (usually written in C) are needed only to deal with specific tasks.

You can use Hecl for example to script some configuration, automatically get the updates of the application just by downloading a text file (self-updatable script); one interesting thing is that you may have more than one of the interpreters at a time (in java code).


Source: Forum Nokia Blogs

Adobe Flash Lite and Tools Training By I2 Tecnologia

People interested in Adobe Tools like Adobe Flex, Adobe Flash CS3... I2 Tecnologia is offering a training course for these tools and much more with on-line and presencial classes.
More information, you can obtain at Felipe's Andrade WebBlog.
e não é que a o google parece que voltou novamente a mexer os pauzinhos no mundo mobile??
Fontes dizem que agora já registraram uma patente para um sistema de mobile- payment (M-payment). Parece que o Google não para em serviço... e principalmente agregando mais valor ao seu Gphone (?? também incerto!)..
Vejam mais abaixo na notícia tirada do Site TNOW:


mpayment.jpgO O Tech Crunch levantou a hipótese do Google estar preparando um sistema, provisoriamente chamado de GPay, que revolucionaria a modalidade de pagamento via telefone celular.
Pouco difundido aqui no Brasil, o serviço de Mobile Payment, ou M-Payment, consiste em aproveitar as facilidades de interação e comunicação do telefone celular para fazer pagamentos de bens e serviços, de maneira similar ao funcionamento do cartão de crédito.

A estrutura do M-payment é simples. O estabelecimento comercial deve possuir um telefone previamente cadastrado no banco que efetuará a cobrança. Esse telefone é acionado quando o consumidor pede a conta. Uma mensagem do celular do lojista é enviada para o banco, com o número do celular do cliente.

Ao receber a solicitação o banco envia outra mensagem para o comprador, solicitando a confirmação em duas senhas, uma previamente cadastrada e outra que será enviada por SMS, pra comprovar a legitimidade da transação. Confirmado o saldo, a instituição financeira envia outra SMS para o estabelecimento, autorizando a compra ou serviço.

O que o Tech Crunch apurou é que o gigante das buscas registrou uma patente de um serviço de M-Payment. Seria o GPay o grande diferencial do gPhone, o telefone celular do Google?


Fonte: Tnow

Como fazer seu aplicativo tentar realizar chamadas usando JavaME:


A telephone call can be made from a Java ME application by using javax.microedition.midlet.MIDlet.platformRequest().

On some devices the MIDlet has to be closed (for example on Series 40 devices), before the phone call can be placed. The application can take this into account by checking the return value of this method call. The value is true, if the MIDlet suite MUST first exit before the call can be made.

It is also possible to send post-dial DTMF tones along the phone number. However, it is not usually possible to send a DTMF tones sequence to operator service from a MIDlet.

On some devices (on Series 40 side) the length of the dial-string is limited.

The following code is used for making the telephone call

String telNo = "tel:+9682651761543";
platformRequest(telNo );

It should also be noted that user is also provided means to initiate a phone call from MIDP LCDUI PHONENUMBER type TextField or TextBox. User is also able to fetch a number from native phone book (or contacts) application to this type of TextField/TextBox. The Call and Fetch operations are available in Options menu or directly from softkeys depending whether there's also application provided Commands in the same Displayable, or Form Item in the case of TextField.

Como ganhar dinheiro publicando um vídeo sem gastar nada direto do seu celular..

hehehe... Tenho que admitir que a idéia proposta por esse post postado no Meio Bit... é tentador.. Principalmente para usuários de celulares da operadora Claro!...

Até agora a lógica era que somente operadoras ganhavam dinheiro quando alguém assistia um vídeo no celular. Mas isso mudou. O conteúdo está se tornando importante e desejado a ponto de valer um bom dinheiro. Nós, geradores, precisamos ser seduzidos para disponibilizar nosso conteúdo em um determinado portal, e nada mais sedutor do que dinheiro.

Eu diria que é uma revolução, uma quebra de paradigma, pois o básico da "condição" de videomaker é que o sujeito não faz dinheiro com sua "arte", mas com essa iniciativa da Claro a possibilidade de faturar um trocado se torna real. A idéia é simples, e por isso ninguém havia tentado antes: Você faz um vídeo de até 30 segundos, sobe pro site da Claro, seu vídeo é disponibilizado, e cada vez que ele for baixado em um celular, são R$0,10 que entram na sua conta.

"Ah, dez centavos? Que merreca!"

Então eu pergunto: Quanto o YouTube te paga mesmo? É, eu sei. Nada. Sem mais perguntas, meritíssimo. Denny Crane.

Não é dificil. Peguemos este vídeo que fiz da Mari Alexandre, em uma feira de Tunning em SP. (sim, Cardoso em feira de Tunning e perto da Mari Alexandre é falha na Matrix, mas acontece). São 29.793 exibições. Se eu tivesse subido o vídeo no programa da Claro, e feito um bom trabalho de convencimento, bem... 29.793 * 0,10 = R$2.973,00, sendo que com R$20,00 você já pode resgatar a grana. Em grana mesmo, nada de créditos, conchinhas ou vale-celular-caríssimo. Como a Claro tem 26 milhões de clientes, os números trabalham a favor de... bem... de todo mundo.

Os vídeos são divulgados no site da Claro Idéias, o que dá mais visibilidade ainda. Ah, para incentivar os melhores vídeos concorrerão a uma viagem para Londres.

Agora o melhor da história: Se você for cliente Claro, e enviar o vídeo pelo celular, você NÃO PAGA O ENVIO. (é bom ler regulamento, né?) Enviando via MMS para o número "123" a transmissão é di grátis.

Junte isso ao movimento de Jornalismo Cidadão, à criatividade normal do brasileiro e a falta do que fazer que gera vídeos sensacionais como "As Árveres somos nozes" e temos um pacote vencedor. Não duvido que logo tenhamos videomakers profissionais vivendo só de sua criatividade. Quer tentar ser o primeiro ProVideoMaker brasileiro? A porta da Claro está aberta.



Fonte: MeioBit

top